A agricultura familiar recobre diversas formas de relacionamento com a terra que, historicamente, têm assumido diferentes expressões regionais. Quando se assinala o Ano Internacional da Agricultura Familiar, declarado pela UNESCO, o IV Encontro RuralRePort – Rede de História Rural em Português – visa contribuir para aprofundar a discussão sobre múltiplas questões suscitadas pela temática.

Nos últimos anos, a renovação dos estudos dedicados ao rural e à agricultura tem colocado as condições e as modalidades de acesso à terra no centro dos debates internacionais, dentro e fora da academia. A agricultura familiar, assente em explorações agrícolas de pequena e média dimensão, tem sido proposta como solução para problemas contemporâneos diversificados, desde desenvolvimento de zonas ruais, passando pela produção sustentável de bens alimentares ou pela preservação do património cultural e paisagístico. Tantas vezes vista como condenada ao desaparecimento, a agricultura familiar ressurge assim como componente de uma modernidade avançada.

Neste contexto, torna-se necessário analisar, no espaço e no tempo, as metamorfoses de organizações sociais e modalidades de cultivo da terra das agriculturas familiares. Retomando heranças das pesquisas desenvolvidas por várias Ciências Sociais, desde os anos 60, o IV Encontro RuralRePort constitui uma oportunidade para reenquadrar os resultados recentes da investigação histórica nos debates actuais.

Para este IV Encontro propõe-se que, entre outras, as comunicações apresentadas contribuam para analisar e discutir as seguintes questões associadas à historicidade da agricultura familiar:

 Condições de acesso, manutenção e abandono da terra;

 Estratégias de distribuição e concentração da terra no ciclo familiar;

 Policultura, especialização produtiva e inovação;

 Mecanismos de inserção nos mercados de produtos e factores;

 Formas de solidariedade, associação e conflito;

 Organização familiar do trabalho: exploração agrícola e pluriactividade;

 Fontes e distribuição dos rendimentos das famílias de agricultores;

 Relacionamento com o Estado e impactos das políticas agrícolas;

 Persistências e mudanças nas comunidades, territórios e paisagens rurais.

Informações importantes:

Solicita-se o envio de propostas de comunicação (resumo de 500 palavras), acompanhadas de um curto CV do(s) autor(es) até 30 de Abril para o email: histruralpt@gmail.com

As propostas entregues até 30 de Março serão avaliadas até 15 de Abril.

As propostas entregues até 30 de Abril serão avaliadas até 15 de Maio.

Apresentação do programa final a 30 de Maio de 2014.

Comissão Científica:

Ana Maria S. Rodrigues (FL-UL); Benedita Câmara (UMadeira); Isabel Rodrigo (ISA-UL); José Vicente Serrão (ISCTE-IUL); Manuel Belo Moreira (ISA-UL); Márcia Motta (UFF); Rui Santos (FCSH-UNL); Susana Matos Viegas (ICS-UL)

Comissão Organizadora:

Dulce Freire (ICS-UL); Ana Margarida Rodrigues (ICS-UL); Carlos Faísca (ICS-UL); Maria Teresa Rosendo (CM Palmela); Maria Leonor Campos (CM Palmela)

Anúncios